• Componentes do Sistema de Suspensão

    A Suspensão é o sistema responsável pela estabilidade do veículo. Seu objetivo é absorver, por meio dos seus componentes, todas as irregularidades do solo. Também é o encarregado de manter as quatro rodas no chão e auxiliar no desempenho do automóvel.
    Veja as função das principais peças da suspensão e como preservá-las. Por toda a importância e a funcionalidade do sistema de suspensão, é altamente recomendável que sejam feitas as manutenções preventivas de acordo com a indicação do fabricante. É importante também fazer visitas ao mecânico sempre que surgirem estranhos ruídos. E sempre que houver alguma mudança deve ser feito o alinhamento.

    ►Amortecedor

    O amortecedor tem sua funcionalidade interligada à mola. É o componente essencial ao sistema de suspensão. Ele atua no sentido de amenizar as irregularidades do solo em conjunto com a mola. Se o seu carro estiver sem estabilidade e com ruídos vindos dessa parte do carro, os amortecedores podem estar gastos. Isso provoca o desgaste prematuro dos outros componentes da suspensão e dos pneus, além de prejudicar a segurança do carro.

    ►Mola

    Juntamente ao amortecedor, compõe a principal função de amortecimento dos problemas da pista. Essa mola pode ser do tipo feixe de molas ou helicoidal.  Por ser muito flexível, a mola é o componente mais eficiente para filtrar as imperfeições do asfalto. Se o carro apresentar falta de estabilidade e barulho pela suspensão, o problema pode ser o gasto excessivo da mola.

    ►Braço oscilante (Bandeija)

    Tem a função de servir como apoio para a coluna de suspensão, que é articulável, e o chassi. Atenção à dirigibilidade comprometida acompanhada do barulho na suspensão. As buchas podem estar gastas ou danificadas. 

    ►Pivô de suspensão

    Auxilia a coluna da suspensão no seu movimento de sobe e desce permitindo, assim, o ângulo de oscilação do braço. O maior indicativo de que estão gastos são ruídos

    ►Batente de fim de curso da haste do amortecedor

    O batente de fim de curso da haste do amortecedor também é um componente importante no funcionamento da suspensão, geralmente feito de uma espuma polimérica envolve a haste do amortecedor.

    Coxim superior da coluna de suspensão dianteira
    dsc05428
    O sistema ainda conta com um batente ou “coxim” superior. Este componente fica acima do prato superior e geralmente tem um rolamento que permite a coluna se locomover de um lado e do outro da direção.
    Geralmente as suspensões dianteiras são configuradas deste tipo, tendo em algumas situações outro tipo de construção. As suspensões “multilink” contam com alguns braços de ligação com mais “pivôs” de ligação, uma suspensão mais elaborada permitindo um melhor ângulo de oscilação gerando mais conforto e desempenho para o veículo.
    As suspensões traseiras geralmente são dependentes. Uma roda ligada a outra por um eixo fixo em forma de “H” que se prende a amortecedores e fazem o efeito de uma grande bandeja ou balança oscilante. As suspensões traseiras podem ser do tipo independente, no caso de veículos médios, grandes ou esportivos, contando com braços de articulação e pivôs de ligação ao conjunto montante do amortecedor.

    Barra estabilizadora

    A barra estabilizadora também é um componente do sistema de suspensão, ligando uma coluna de suspensão à outra, fazendo com que o carro permaneça o mais estável possível na estrada. A barra estabilizadora é presa a carroceria por buchas de ligação e as colunas por meio de bieletas.